Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 

 








 

 

 

 

 








 
 

 

 

  Notícias

Homenagem aos Combatentes do Concelho de Leiria


16.06.2013 - Por iniciativa conjunta da CM de Leiria e do Núcleo de Leiria da LC realizou-se, no passado dia 16 de Junho, uma significativa Homenagem aos Combatentes naturais do concelho de Leiria, a que se associaram outras entidades, designadamente, o RAL4, a PSP, a GNR, e as juntas de freguesia concelhias. As cerimónias iniciaram-se com a celebração de uma Missa Solene, na Sé de Leiria, pelo Capelão Augusto Gonçalves, em memória dos Combatentes falecidos, com o descerramento de uma lápide, assinalando a data do evento, no Largo Paulo VI, junto ao Memorial com o nome dos Combatentes caídos ao serviço da Pátria, e com a colocação de uma coroa de flores, pelo Presidente da Câmara Municipal e do representante da Direcção Central da Liga dos Combatentes.


Seguidamente procedeu-se à imposição da Medalha das Campanhas de África a um Combatente, posto que, usaram da palavra o Dr. Raul Castro, na qualidade de Presidente da CML, o TCor Ley Garcia, como Presidente do Núcleo de Leiria da LC e o Arqt.º Eduardo Varandas, representando o Presidente da DC da LC. A Homenagem prosseguiu com o desfile, no Largo 5 de Outubro, de dois grupos de combatentes, encabeçados pelos Guiões dos Núcleos do Oeste da LC, pela demonstração de um espectáculo de Ginástica Aeróbica e Acrobática por classes mistas de atletas do Ateneu Desportivo de Leiria, junto à Fonte Luminosa e a entrega de Certificados de Participação aos Combatentes. De assinalar, também, no âmbito desta Homenagem, a inauguração de três exposições temporárias da responsabilidade da PSP, GNR e LC, versando a temática dos Combatentes. Às 17h45 teve lugar um lanche convívio, com animação musical, no Mercado de Santana.
Estiveram presentes as seguintes entidades: Presidente da Assembleia Municipal, Dr. José Alves; representante do CEMGFA, Coronel Vítor Farinha; representante do CEMA, Comandante Vinhas da Silva; representante do CEME, Coronel Luís Henriques; Deputadas à AR, Doutoras Odete João e Laura Esperança; representante da GNR, Tenente – Coronel José Lopes Rosa; representante da PSP, Intendente Ismael Jorge; representante da BA5, Tenente – Coronel Fernando Pinto Damásio; Presidentes dos Núcleos do Oeste da LC; Vereadores da CML; Presidentes de Juntas de Freguesia do concelho e o Capelão Augusto Gonçalves.

A intervenção do Dr. Raul Castro, Presidente do Município, centrou-se na critica àqueles que querem fazer esquecer os Combatentes, enaltecendo a sua dedicação e os seus sacrifícios, de que se deviam orgulhar, que sempre estiveram acima das ideologias e dos interesses, afirmando que o seu exemplo era um estímulo para reafirmar a confiança num desígnio de servir Portugal. O TCor Ley Garcia, Presidente do Núcleo de Leiria da LC, fez uma resenha histórica da origem da LC e dos seus objectivos estatutários, destacando também o apoio prestado aos sócios mais carenciados.

Finalmente o Arqt.º Eduardo Varandas, na qualidade de representante do Presidente da Direcção Central da LC, começou por citar o Padre António Vieira para frisar que os Combatentes servem a Pátria mas esta é ingrata ao votá-los ao esquecimento depois de cumprirem o seu dever, elogiou a postura da autarquia leiriense, pela iniciativa tomada, enfatizando os esforços desenvolvidos pela Instituição LC, ao longo da sua história, quase centenária, na defesa dos seus associados, recordando as vicissitudes porque passaram os Combatentes do Ultramar, e dissertando sobre a dicotomia entre antigos e novos Combatentes, para defender o conceito de Combatentes por Portugal. Reafirmando em defesa desta tese, o facto dos Combatentes integrados nas Forças Nacionais Destacadas, continuaram a gesta heróica do Combatente do Ultramar.

As honras militares foram prestadas por uma secção do RA4, merecendo uma palavra de reconhecimento pela forma garbosa como desempenharam a sua função, bem como o terno de clarins pela óptima prestação na execução do toque de homenagem aos mortos e de alvorada