Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 

 








 

 

 

 

 








 
 

 

 

  Notícias

Inauguração de Monumento aos Combatentes do Ultramar - Freguesia Glória do Ribatejo


27.07.2013 - A Junta de Freguesia de Glória do Ribatejo inaugurou com a maior justiça e dignidade, no passado dia 27 de Julho, um Monumento de homenagem aos seus valorosos Combatentes da Guerra do Ultramar e de evocação da memória dos seus Heróis que nela perderam a vida em combate ao serviço de Portugal, a saber o Soldado João Nunes Augusto e o Soldado José Fino Feijão falecidos em Moçambique. 


A Cerimónia foi apoiada pelo Núcleo de Santarém da Liga dos Combatentes e contou com a estimada presença do Presidente da Assembleia Municipal da Câmara de Salvaterra de Magos, Francisco Monteiro Cristóvão, do Secretário-geral da Liga dos Combatentes, Coronel Faustino Lucas Hilário, do vereador da referida Câmara, Manuel Neves, do Comandante da GNR de Marinhais e ainda das delegações dos Núcleos da Liga dos Combatentes de Rio Maior, Vila Franca de Xira, Entroncamento e Batalha.

Estiveram também presentes, para além das autoridades religiosas e civis locais, um grupo do Corpo de Escuteiros de Glória do Ribatejo, uma Força militar, para as devidas honras, do Regimento de Manutenção do Entroncamento e ainda de um grupo significativo de sócios da Liga dos Combatentes e seus familiares. Da efeméride, que teve enorme adesão da população, constou o seguinte programa: Receção de convidados, Cerimónia de inauguração do monumento em homenagem aos combatentes, Bênção do monumento, Cerimónia de homenagem aos mortos com colocação de duas coroas de flores, Discursos alusivos e Almoço convívio.

Da qualidade dos discursos e palavras proferidas e relativas à solene cerimónia, foi essencialmente relevado o respeito e a gratidão pelos bravos combatentes que com o sacrifício das sua vida pessoal e familiar lutaram pela pátria e também do importante papel das famílias que viam os seus entes queridos partirem para a guerra e assim ficavam na angústia e a sofrer em Portugal, tanto ou mais que os verdadeiros combatentes. No final da Cerimónia o Presidente da Junta de Freguesia, João Batista, mentor da homenagem, era um homem feliz por ver concretizada esta aspiração e a população comungava da mesma felicidade por sentir a importância e o significado deste digno acontecimento na vida da sua Comunidade.