Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 

 








 

 

 

 

 








 
 

 

 

  Notícias

O Núcleo da Ilha do Pico, celebrou a 5 de Outubro o Dia do Combatente Picaroto


05.10.2014 - No passado dia 5 de Outubro, o Núcleo da Ilha do Pico da Liga dos Combatentes, voltou a celebrar o dia do Combatente Picaroto, com uma cerimónia em que foi inaugurado mais um dos monumentos da Liga na Ilha do Pico em homenagem aos Combatentes por Portugal, no Ultramar Português. A comemoração teve início pelas 12h30, com a celebração eucarística, na igreja paroquial da Ribeirinha do Pico, tendo em seguida sido inaugurado o Monumento aos Combatentes por Portugal cuja edificação foi apoiada pela Junta de Freguesia da Ribeirinha.


Estiveram presentes na cerimónia entidades civis e militares, sendo de destacar a presença do Exmº Presidente da Proteção Civil dos Açores, em representação de Sua Exª o Presidente do Governo Regional dos Açores, de Deputados Regionais e do Secretário da Direcção Central da Liga, Tenente-coronel Álvaro Diogo, em representação do Presidente da Liga dos Combatentes, General Chito Rodrigues. Estiveram também presentes os Presidentes das três Câmaras Municipais da Ilha do Pico, Presidentes das Juntas de Freguesia, o representante do Comandante Regional dos Açores da GNR bem como outras autoridades civis e militares, da Ilha.

No Decorrer da cerimónia, após o descerramento da lápide do Monumento, foi executado o Hino Nacional de maneira exemplar, pela Banda Filarmónica Recreio Santamarense, tendo usado da palavra o presidente do Núcleo da Ilha do Pico, Genuíno Madruga Gomes, o representante do Senhor Presidente da Liga dos Combatentes e por fim, o representante do Presidente do Governo Regional dos Açores. Seguiu-se a homenagem aos Militares mortos ao serviço de Portugal, com deposição de flores, tendo os toques regulamentardes sido executados por um terno de trompetes da Banda Filarmónica ali presente. A terminar a cerimónia, foi cantado o Hino da Liga dos Combatentes pela professora Vânia Goulart, acompanhada pela Banda Filarmónica, o que através da sua voz impar foi conseguido tão brilhantemente que a todos impressionou. Foi a primeira vez que o Hino da Liga foi executado desta maneira, nos Açores, com voz e música ao vivo.

Seguiu-se um almoço de convívio, no qual participaram 332 pessoas, entre Combatentes, familiares e convidados. As “Sopas do Espírito Santo”, prato regional foram muito elogiadas por todos os presentes. O vinho, da Região, foi oferta de um dos associados, tendo sido aplaudido pela oferta. E havia também carne assada, arroz doce e a tradicional “Massa Sovada”. Entre os Combatentes, as vivências da Campanha foram tema da conversa e histórias não faltaram. Com estas histórias de vida, aprende-se muito; das tristezas mas também das alegrias. Estes encontros têm esta “magia”, de revisitar o passado, sublimando-o, na partilha com os outros, reforçando os laços de amizade e solidariedade. Após o almoço, foi partido o bolo comemorativo do 26º Encontro dos Combatentes do Pico, tendo-se seguido um espectáculo musical pelo agrupamento da Freguesia da Ribeirinha, “Trovas da Madrugada”.

Findas que foram as actividades do dia, congratula-se a Direcção do Núcleo com o enorme trabalho voluntário na preparação da sala de refeições e confecção da alimentação, sem o qual não seria possível usufruir de um prato regional, muito elogiado pelos participantes, tendo igualmente contribuído para a redução dos custos do Encontro. No próximo ano, em 05 de Outubro, o 27º Encontro dos Combatentes do Pico, será realizado na Freguesia da Candelária, concelho da Madalena do Pico.