Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 








 

 

 

 

 








 

 
 

 

 

 

  Notícias

Operação "Nova Frente 7", em Moçambique


03.07.2015 - Em 3 de julho pretérito regressou a Portugal a Equipa de Missão da LC, após ter efetuado a Operação Nova Frente 7 em Moçambique. Em 14 de junho deu-se início à NF 7 com o deslocação para Moçambique da "Equipa", tendo início no terreno a 16 de junho em Nampula, preparando-se todo o equipamento e reabastecimentos necessários para a sustentação logística da Missão. Rumou-se em seguida a Pemba onde foi recebido o Talhão Militar da LC naquela cidade após requalificação, tendo a "Equipa" prosseguido para Mocímboa da Praia onde procedeu ao estudo da requalificação do mausuléu da GG no cemitério municipal da Cidade, preparando o orçamento da requalificação referida.


Partiu-se posteriormente para Palma onde se esperava fossem efetuadas duas exumações, mas a impossibilidade de localizar uma campa determinou que apenas uma fosse exumada. A tarefa revelou-se dificultada pela presença de inúmera população que a todo o custo queria ver "o que se ia passando", envolvendo a campa por completo e dificultando os trabalhos. Dirigimo-nos posteriormente para Mueda, onde decorreu o estudo de requalificação e os preparativos de orçamentação do Talhão Militar da LC, tarefas demoradas e detalhadas que foram assessoradas por uma empresa local. O nosso objetivo é "reconstituir" o Talhão de 109 campas naquele local da emblemática Mueda, restituindo-lhe a traça original tanto quanto possível.

Montepuez foi o nosso objetivo seguinte, procurando exumar restos mortais de 11 campas, tendo sido apenas concretizadas 9 exumações por se verificar a existência de 2 urnas de chumbo que permaneceram nolocal por razões sanitárias. A nossa atividade voltou a ser acompanhada por multidões de populares que perturbaram significativamente as condições de trabalho na escavação das campas e recolha de restos mortais.

Seguimos posteriormente para Nampula, onde nas instalações da Cooperação Técnico Militar Portuguesa (CTMP) naquela cidade se procedeu à limpeza dos restos mortais recolhidos, tendo estes sido acondicionados em urnas e posteriormente depositados no ossário da LC em cerimónia militar em que se dignou participar a Cônsul de Portugal em Nampula, seu marido e outros civis portugueses, sem deixar de contar com a presença dos Militares que prestam serviço na CTMP.

Todas as nossas ações contaram com o apoio das autoridades moçambicanas nos locais onde desenvolvemos atividades, autoridades muito elucidadas pelo governo moçambicano dos nossos objetivos e que recolhendo de nós a última informação sobre os nossos propósitos nos apoiaram por forma muito empenhada. Regressámos a Portugal com o sentimento do dever inerente a esta missão ter sido cumprido, aguardando os orçamentos para a requalificação do Talhão Militar da LC em Mueda e do Mausuléu em Mocímboa da Praia. Neste momento já se encontram iniciados os trabalhos de requalificação em Mueda e a seu tempo será equacionada a requalificação projetada em "Mocímboa da Praia.

Em 2016 aguarda-nos a NF 8, tendo a NF 7 marcado o final de exumações referenciadas no terreno, ou em cemitérios municipais encerrados e que permitiram que o nosso ossário em Nampula albergue 58 urnas de Militares Portugueses Tombados em Moçambique na Guerra do Ultramar.