Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 

 








 

 

 

 

 








 
 

 

 

  Notícias

Encontro anual das Antigas Alunas e Alunos do Colégio da Casa dos Filhos dos Soldados/Lar dos Filhos dos Combatentes


04.06.2016 - No passado dia 4 de Junho, realizou-se na sede do Núcleo de Coimbra da Liga dos Combatentes, o encontro anual das antigas alunas e alunos do colégio da Casa dos Filhos dos Soldados / Lar dos Filhos dos Combatentes. De referir que este grupo de estudantes se reunia, tradicionalmente, nas instalações da Quinta Amarela, no Porto, que em tempos os acolheu em regime de internato. Por razões que se prendem com a remodelação e requalificação das referidas instalações (destinadas a outras finalidades), não foi possível, como seria desejável, aí realizarem o habitual convívio.


Os participantes, à medida que iam chegando, começaram por se concentrar na Biblioteca do Núcleo, gentilmente cedida pelo Presidente da Direção, TCor João Paulino, após o que, por volta das 13,30h, se seguiu o tradicional almoço de confraternização. Antes, porém, observou-se um minuto de silêncio em memória de todos os colegas falecidos.

Após o café, servido nos claustros do edifício, foram dirigidas algumas palavras de felicitações, a todos os presentes, pelo representante da Direção Central da Liga, Arqt.º Eduardo Varandas, que traçou uma similitude entre os desígnios da Instituição a que pertence e os princípios subjacentes à realização daquele evento. Sublinhando ser muito gratificante, assistirmos à preservação dos valores da amizade, por parte de um grupo que anualmente se reúne para reavivar memórias, estreitar laços de camaradagem e recordar também aqueles que já partiram.

Depois da pequena intervenção do representante da DC, foi entoado, por todos os presentes, o Hino da Casa dos Filhos dos Soldados e o da Liga dos Combatentes pelo duo constituído pela antiga aluna Maria Hortênsia e o vogal da DC, Eduardo Varandas.

Terminados estes momentos de alegre convívio, foi realizada uma visita guiada às instalações do Núcleo, ciceroneada pelo TCor João Paulino, cuja explanação circunstanciada, não só da história do edifício como do local onde o mesmo se encontra inserido, foi acompanhada por todos com muito interesse.

Merece uma saudação especial a D. Maria Hortênsia, que tem sido a verdadeira alma mater destes encontros e que, mais uma vez, não deixou os seus créditos por mãos alheias.