Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 

 








 

 

 

 

 








 
 

 

 

  Notícias

Inauguração de Monumento aos Combatentes  em Martingança - Alcobaça


10.09.2017 - Em 10 de Setembro de 2017, o Núcleo de Alcobaça da Liga dos Combatentes com o apoio da União de Freguesias de Pataias- Martingança .procedeu a inauguração de um monumento aos combatentes de Portugal. Presentes o Presidente da Liga dos Combatentes general Chito Rodrigues, o Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça Paulo Inácio e o Presidente da União das Juntas de Freguesia de Pisões Pataias-Martingança Válter Ribeiro. Orientou a cerimónia o Presidente do Núcleo de Alcobaça Joaquim Romão. A cerimónia começou com a celebração de uma missa cantada em homenagem aos combatentes falecidos, celebrada pelo Capelão Major Manuel Silva, da Base Aérea de Montreal, e o coro local, na igreja nova recentemente reconstruida.


A missa de subordinada ao tema Amor e Caridade foi muito participada tendo sido dada oportunidades de intervenção, pelo Padre Capelão Militar, ao capitão miliciano Alexandre Aveiro que sintetizou e enalteceu o comportamento dos combatentes em África e ao General Chito Rodrigues, no final da missa o qual dirigindo-se à assembleia que enchia a igreja estabeleceu um paralelo entre o tema da homilia e a promoção dos valores e a prática da solidariedade que são objectivos da Liga bem como a relação dos combatentes e o transcendente em situação de conflito armado. Foi igualmente lido por um membro da Direcção do Núcleo a Oração de São João Batista e uma Oração por Portugal.

Seguiu-se a inauguração do monumento em espaço contíguo à Igreja e junto a um importante nó de comunicações local. Descerradas as bandeiras que cobriam a escultura ficou evidente o significado de homenagem da mesma ao combatente de Portugal. Uma base com uma coluna truncada e a figura de um soldado segurando uma pomba e tendo a espingarda ao longo do corpo em posição de descanso transmitem uma mensagem de Paz facilmente legível. Trabalho do escultor Thierry Ferreira. Seguiu-se a colocação de uma coroa de flores pelo presidente da Liga e pelo Presidente da Câmara, sendo o toque aos mortos em combate sido executado por um terno de Bombeiros gentilmente cedido através do núcleo de Rio Maior dada a não presença da força militar do exército solicitada. Seguiu-se a bênção do monumento pelo capelão militar Major Manuel Silva.

Usaram seguidamente da palavra o Presidente da Câmara de Alcobaça e o presidente da Liga dos Combatentes sendo a cerimónia encerrada com o hino da Liga dos Combatentes.

Os presentes seguiram depois para um almoço convívio onde o Presidente Núcleo Joaquim Romão falou aos presentes sobre o significado e importância do momento, bem como tem decorrido a actividade do Núcleo. O Presidente da Liga dos Combatentes tem igualmente oportunidade de falar aos presentes. Seguiu--se um momento musical. Martingança viveu assim um dia de homenagem ao seus cidadãos que serviram Portugal nas Forças Armadas, erguendo um padrão que, honrando a memória do passado,  garante a sua projecção nas gerações futuras.