Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 

 








 

 

 

 

 








 
 

 

 

 

  Notícias

Recordando há 40 anos em Angola - Os últimos dias da ponte aérea e marítima


Movimentos de passageiros em Angola,  via marítima, até à capital, seguido de transporte aéreo para Lisboa e também Porto. (Luanda sempre foi o único terminal internacional, mas, de 11 de Agosto a 04 de Outubro de 1975, foi possível, porque necessário e indispensável, operar, em Nova Lisboa, hoje Huambo, um terminal aéreo internacional com ligação direta a Lisboa).


97.º Aniversário do Armistício, 92.º Aniversário da Liga dos Combatentes, 41.º Aniversário do fim da Guerra do Ultramar e Evocação do Centenário da Grande Guerra


11.11.2015 - A Liga dos Combatentes assinalou no dia 11 de novembro de 2015 o 97.º aniversário do Armistício, que evoca o termo da Grande Guerra, o 92.º aniversário da sua fundação e o 41.º aniversário do fim da Guerra do Ultramar. Esta cerimónia teve lugar junto ao Monumento de Homenagem aos Combatentes do Ultramar, em Belém. Tratou-se de um evento que contou com a presença do Sr. Ministro da Defesa Nacional, Dr. José Pedro Aguiar - Branco, de altas individualidades civis, militares e religiosas, dos Núcleos da Liga dos Combatentes, Associações de Combatentes e muito público anónimo.


O 25 de Novembro e a Democratização Portuguesa - Ciclo de Colóquios e Conferências


O 25 de Abril de 1974 iniciou o processo de democratização portuguesa. O 25 de Novembro de 1975, ao corrigir o desvio revolucionário, rectificando-o em sentido democrático, veio possibilitar a confirmação e continuidade desse processo, assegurando assim a transição para a democracia. Ao pôr termo à “revolução socialista”, acelerada com o 11 de Março de 1975, o 25 de Novembro veio abrir condições para reorientar, em sentido democrático, o curso político e a feitura da Constituição.


Ílhavo presta tributo aos heróis da Grande Guerra


Ílhavo assinalou o encerramento da exposição "Os Ílhavos na Grande Guerra" com a certeza do reconhecimento do público pelo trabalho de investigação desenvolvido. Inaugurada a 6 de abril, no âmbito do Feriado Municipal, a exposição faz uma contextualização da Guerra ao nível mundial, nacional mas, sobretudo, municipal em jeito de homenagem aos ilhavenses que combateram e morreram no primeiro grande conflito bélico mundial. Paulo Costa, vereador com o pelouro da cultura, salienta a forma como os visitantes responderam.


Prémio Defesa Nacional / Liga dos Combatentes


09.10.2015 - Decorreu hoje a “Abertura Solene” do ano lectivo 2015/16 no Instituto dos Pupilos do Exército. Do programa da “Sessão Solene” constava a entrega de medalhas, prémios e diplomas de curso. A Liga dos Combatentes esteve presente, através do seu Secretário-geral, Coronel Lucas Hilário que em representação do Presidente da LC, Tenente-general Joaquim Chito Rodrigues procedeu à entrega do “Prémio Defesa Nacional/Liga dos Combatentes”, instituído pela antiga revista “Defesa Nacional” e administrado pela Liga dos Combatentes. Destina-se a premiar o aluno ou um grupo de trabalho (máximo de três elementos) que obtenha a média de classificação mais elevada pela realização de actividades curriculares no âmbito da Formação Militar ou Educação para a Cidadania”.


Novo Núcleo da Liga dos Combatentes em Belo Horizonte / Brasil


Após visita do Presidente da Associação da Força Expedicionária Brasileira de Belo Horizonte ao Museu do Combatente, em Belém, Marcos Moretzsohn Renault Coelho, em que contactou o Presidente da Liga dos Combatentes, general Chito Rodrigues, foi entre os dois reconhecido o interesse de estabelecer contactos mais estreitos na esfera dos valores e interesses na Promoção da História Comum e prática da solidariedade para com os combatentes de ambos os países.


Novo Núcleo da Liga dos Combatentes em Nova Inglaterra, Taunton, EUA


06.10.2015 - Em 6 de Outubro de 2015 na sede da Liga dos Combatentes com a presença do Presidente da Associação de Veteranos das Forças Armadas Portuguesas da Nova Inglaterra, sócio nº 157383 da Liga dos Combatentes e o Presidente da Liga dos Combatentes general Chito Rodrigues e Secretário-geral Coronel Hilário, foi consolidado o interesse de ambas as entidades em reunir esforços para estreitar as relações entre as duas instituições no sentido de fortalecer os laços entre os Combatentes e famílias e proporcionar condições para aprofundamento da Promoção da História, prática da solidariedade e defesa dos legítimos interesses dos Combatentes emigrados naquele espaço dos Estados Unidos.


A Liga dos Combatentes divulga: O 25 de Novembro e a Democratização Portuguesa - Ciclo de Colóquios e Conferências


O 25 de Abril de 1974 iniciou o processo de democratização portuguesa. O 25 de Novembro de 1975, ao corrigir o desvio revolucionário, rectificando-o em sentido democrático, veio possibilitar a confirmação e continuidade desse processo, assegurando assim a transição para a democracia. Ao pôr termo à “revolução socialista”, acelerada com o 11 de Março de 1975, o 25 de Novembro veio abrir condições para reorientar, em sentido democrático, o curso político e a feitura da Constituição. O 25 de Novembro é o oposto, não do 25 de Abril, mas do 11 de Março. O que o 25 de Novembro veio destruir foram os excessos da pretensa “revolução socialista” e não as conquistas da “revolução democrática” de Abril. As forças políticas, que faziam seu o projecto de “revolução socialista”, invocam o 25 de Abril contra o 25 de Novembro, tentando incompatibilizar estas duas datas, identificando a primeira como uma abertura de um processo revolucionário rumo ao “socialismo”.


  1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59  60  61  62  63  64  65  66  67  68  69