Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 
 
 

 

 

 








 
 

 

 

 

  Notícias

Vila Franca de Xira recorda a I Guerra Mundial e homenageia antigos combatentes


"Outros Olhares sobre a Grande Guerra" é o título da grande exposição patente até 18 de fevereiro, no Celeiro da Patriarcal, em Vila Franca de Xira. Um trabalho preparado ao longo de dois anos, que faz um retrato da guerra, da participação portuguesa e do percurso dos 250 combatentes do concelho que estiveram envolvidos no grande conflito de 1914-1918.


Inauguração do Memorial aos Combatentes da Guerra do Ultramar do Concelho de Ponte de Sor


08.12.2017 - Em 08 de Dezembro de 2017 pelas 11h00, o Núcleo de Abrantes em parceria com a Câmara Municipal de Ponte de Sor, realizou no Campo da Restauração daquela cidade, a Inauguração do Memorial aos Combatentes da Guerra do Ultramar do Concelho de Ponte de Sor. Estiveram no local várias entidades civis, militares, das quais destacamos, o General Joaquim Chito Rodrigues, Major-general Aníbal Flambó em representação do General CEME, o representante do Secretário de Estado da Defesa Nacional, Dr. Pedro Ferreira, o Presidente da Associação de deficientes das Forças Armadas, Comendador José Arruda, o representante do Cmdt da BrigMec, Tenente-coronel João Barros, o representante do Comando Territorial da GNR de Portalegre Tenente-coronel Belchior, Presidente da Câmara de Ponte Sor, Eng.º Hugo Hilário.


Tableau d’honneur des premiers morts portugais pour la France en 1914


Alerté par l’historienne Marie-Christine Volovitch-Tavares et l’historien Manuel do Nascimento, nous nous mîmes en quête des «Morts Portugais pour la France» de 1914 à 1916 alors que le Portugal était un pays neutre bien qu’il fût dans une guerre sans nom avec les Allemands en Afrique lusophone. Ayant déjà eu à faire des recherches sur les « Morts pour la France » nés dans le XIVe arrondissement de Paris, nous fîmes de même en inscrivant le mot « Portugal » sur l’onglet réservé au lieu de naissance sur le site intitulé « Mémoire des Hommes » qui est la « Base des Morts pour la France de la Première Guerre mondiale ». (1)


Natal do Combatente dos Núcleos do Oeste


09.12.2017 - No passado dia 9 de dezembro, os Núcleos do Oeste da Liga dos Combatentes marcaram presença na cidade das Caldas da Rainha, para participarem no Natal do Combatente, organizado, desta vez, pelo Núcleo da cidade berço de José Malhoa. Estiveram presentes os Núcleos de Alcobaça, Batalha, Leiria, Marinha Grande, Peniche, Rio Maior e o Núcleo anfitrião. O evento teve início com a celebração da eucaristia, em sufrágio pelos combatentes falecidos, na Igreja de Nossa Senhora da Conceição, presidida pelo Capelão Domingos Nazaré, que durante a homília se referiu aos combatentes enaltecendo o seu esforço e sacrifício em defesa da Pátria.


Gala dos Combatentes


25.11.2017 - Foram três curtas horas de emoções fortes, aquelas que se viveram no Quartel das Artes em Oliveira do Bairro, no passado dia 25 de Novembro. Os espectadores que encheram o Quartel das Artes não terão dado pelo tempo a passar, tamanha foi a qualidade e a diversidade dos grupos e actuações apresentadas, numa GALA solidária cuja receita reverteu a favor dos Combatentes mais necessitados. Ainda nas escadas da cafeteria, os espectadores assistiam a “Estátuas vivas” e “Pregões” que recordavam tempos e trajes antigos, encenados pelo Grupo Cénico de Aveiro e Identidade Lusa de Oliveira do Bairro.


Exposição sobre a participação portuguesa na Grande Guerra inaugurada em Paris


11.11.2017 - A Delegação de Paris da Liga dos Combatentes organizou uma exposição e um colóquio para “lembrar aos Franceses que Portugal foi um dos aliados de França durante a Grande Guerra”, disse à Lusa o historiador Georges Viaud. O também Presidente da delegação de Paris da Liga dos Combatentes explicou que até 27 de novembro, vão estar afixados, nas grades do Square Ferdinand Brunot, em frente à Câmara Municipal do 14º bairro de Paris, quatro painéis intitulados “Chemin de Mémoire des commémorations centenaires de 1916, 1917, 1918 et 1919 du Corps Expéditionnaire Portugais en France et à Paris”.


Evocação do Centenário da morte do Piloto aviador Óscar Monteiro Torres


20.11.2017 - A Força Aérea e a Liga dos Combatentes evocaram o Centenário da morte do Piloto aviador Óscar Monteiro Torres, que ocorreu a 20 de novembro de 1917. As cerimónias tiveram lugar no cemitério do Alto de S. João, em Lisboa, com a presença do Presidente da República, que foi recebido à entrada do cemitério pelo CEMGFA , General Pina Monteiro, o CEMFA General Manuel Teixeira Rolo e o presidente da Liga dos Combatentes, Tenente-general Joaquim Chito Rodrigues. Dirigiram-se seguidamente para a capela onde o bispo das Forças Armadas e Forças de Segurança, D. Manuel Linda, na presença de dois familiares de Óscar Monteiro Torres e elementos das forças armadas, em que predominavam membros da Força Aérea proferiu uma missa em memória do piloto aviador morto em combate durante a primeira guerra mundial.


Comemoração do 99º Aniversário do Armistício, 96º aniversário da Fundação da Liga dos Combatentes, 43º Aniversário do Fim da Guerra do Ultramar e Evocação do Centenário da Grande Guerra.


11.11.2017 - Os ensaios para as cerimónias começaram muito cedo, tanto em terra, com as forças em parada, como no rio Tejo, com o posicionamento da NRP Jacinto Cândido junto ao Forte do Bom Sucesso, para intervenção durante o toque do Hino Nacional. Após a tomada de posição da Banda do Exército e de um Batalhão conjunto comandado pelo Tenente-coronel Luís Laranjo, com uma Companhia da Marinha, uma Companhia do Exército e uma Esquadrilha da Força Aérea, os guiões de cerca de sete dezenas de Núcleos da Liga dos Combatentes, tomou posição o Estandarte Nacional à guarda da Liga dos Combatentes desde 1928, com as seguintes condecorações:


  1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59