Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 

 








 

 

 

 

 








 
 

 

 

  NÚCLEOS

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

 

LAGOS

Ter-se-à iniciado uma tentativa de formar a Sub-agência de Lagos, por volta do ano de 1923, no entanto depois de alguns sobressaltos, a sua criação viria a ser firmada em Maio de 1930, havendo como testemunho os registos da 1.ª Acta da Direcção em 18 de Maio de 1930, tendo em Assembleia Geral do dia 21 de Junho de 1930 ficado concluído e aprovado o elenco governativo da dita Sub-agência de Lagos da Liga dos Combatentes.

A sua primeira Direcção foi constituída pelo Tenente José Domingos Carapeto como Presidente, pelo Aspirante Joaquim Afonso Pinto, Tesoureiro e pelo 2.º Sargento José Guerreiro Apolónia, como Secretário.

A Direcção em exercício no ano de 1933 conseguiu o Talhão privativo dos Combatentes da Grande Guerra, cujo arranjo e acabamento se completou nos anos seguintes. É ainda neste período que foi inaugurado o Monumento aos Mortos da Grande Guerra. Para o seu levantamento a Direcção de então - Srs. José Lobo da Veiga, Luís Sárrea Brak-Lamy e Pedro António - deu o seu entusiástico concurso.

A inauguração foi efectuada no dia 15 de Junho de 1940 e a ela assistiram em representação da C.C.A., os Srs. Generais Daniel de Sousa e Faria Afonso.

Quanto à sede, chegou-se à conclusão que começou por ser no edifício do Comando do R.I. 15, então aquartelado nesta cidade de Lagos. A determinada altura passou a sede para um edifício alugado na Rua Principal da Cidade, a actual 25 de Abril, a qual foi abandonada em Abril de 1963, por se ter desmoronado em parte. Entre Maio de 1967 e Abril de 1972, ficou instalada num outro prédio alugado, na Rua Lançarote de Freitas, 14. A partir de 1972 passa a funcionar no r/chão da residência do então Presidente da Direcção, Sr. Ten. Rozendo Gomes, onde se instalou a título gracioso até finais de 1981.

Finalmente desde Janeiro de 1982 que o agora Núcleo de Lagos, funciona em sede própria, na Rua Castelo dos Governadores, n.º 60, em Lagos (Acta 183/82).