Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 
 
 

 

 

 








 
 

 

 

 

  NÚCLEOS

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

 

ABRANTES

Fundação da Sub-Agência da LCGG de Abrantes (29 de Setembro de 1923). Aparecendo no Jornal de Abrantes n.° 1236 de 06 de Abril de 1924, pela primeira vez o nome de Sub-Agência e as directivas para comemorar o 09 de Abril serem difundidas pelo Coronel de Artilharia Nicolau Tolentino Homem Teles, Comandante do Regimento de Artilharia n.° 8 e comandante militar da cidade de Abrantes, tudo levava a crer ter a mesma sido fundada em data anterior.

A comissão organizadora da futura Liga dos C.G.G., que reuniu pela última vez no dia 09 de Outubro de 1923 pelas 21 horas, decidiu entregar nessa data a gerência da Liga a uma Direcção, com estatutos aprovados desde 29 de Setembro de 1923, deixando assim constituídas 14 Agências, 8 Sub-Agências e 53 Delegações. Abrantes encontrava-se nas 8 Sub-Agências constituídas e o Sr. Tiago Dias do Nascimento, o seu primeiro Presidente. (Acta n.° I da Liga dos Combatentes da Grande Guerra - Lisboa).


A HISTÓRIA DA BANDEIRA
A história da bandeira dos Combatentes não ficaria completa se não soubéssemos que a mesma confeccionada em Abrantes. O Jornal de Abrantes, em 17 de Abril de 1932 noticiava assim: "A bandeira dos Combatentes - Tivemos, há dias, ocasião de apreciar o estandarte da Sub-Agência d'Abrantes da L, C. G. G. e não foi sem grande regozijo que verificámos que o trabalho da Sr.ª D. Guiomar Pombo Fernandes é um trabalho soberbo, dada a mestria e delicadeza que a senhora pôs no mesmo.

"Temos visto vários estandartes e bandeiras bordadas em Lisboa e noutras terras do país, de a arte feninil está mais adiantada, e, permita-no-lo a modéstia da Sra. D. Guiomar Pombo na manufactura de todo este trabalho, e, sobre tudo, nos castelos e quinas do escudo nacional do referido estandarte, revelam bem a arte e o bom gosto de que a mesma senhora é dotada. O facto de este estandarte ter sido feito em Abrantes, muito honra a nossa terra e muito particularmente a Sra. D. Guiomar Pombo Fernandes."

Como peça de inestimável valor que é para o Núcleo e para Abrantes, seria interessante expô-lo na nossa Sede. Porém, após diligências efectuadas conclui-se estar o referido estandarte no Museu do Combatente (Sede da Direcção Central, em Lisboa). De qualquer forma fica a homenagem D. Guiomar Pombo, à CM de Abrantes e à população de Abrantes por terem contribuído monetariamente para a sua feitura. Actualmente o Núcleo de Abrantes possui um guião uniformizado de acordo com a localidade do Núcleo.