Bem-Vindo à Página Oficial da
Liga dos Combatentes


 








 

 

 

 
 
 

 
 

 
 

 

  NÚCLEOS

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

 

MARINHA GRANDE

08.10.1924
Em reunião na sua residência particular, foi nomeado Presidente da Delegação da vila da Marinha Grande, o Sr. Álvaro dos Santos Barros.

05.11.1938
Desactivada a Delegação

03.01.1965
Activada a Delegação como Comissão Administrativa, presidida por Manuel Vidal de Freitas.

05.07.1967
Desactivada a Comissão Administrativa.

17.12.1969
Activado em reunião na sede dos Bombeiros Voluntários da Marinha Grande, com a Comissão Administrativa presidida por Álvaro Mário Couceiro Neto.

10.04.1975
Desactivada a Comissão Administrativa.

30.06.1995
Activado e presidido pelo Cap. Alberto Manuel Caetano Barata, na colectividade de Picassinos. Foi contactada a autarca D. Teresa Coelho, a fim de serem facultadas instalações, com a colaboração do Núcleo de Leiria, de forma a proporcionar a criação do Núcleo da Marinha Grande.

20.02.1999
Reuniram todos os elementos da já designada Comissão Directiva para, em Assembleia Geral, se elegerem os elementos da Direcção de acordo com o Regulamento da Liga dos Combatentes. Foi eleito Presidente o Cap. Alberto Manuel Caetano Barata, que tomou posse em 05/02/1999, nas instalações da Guarda Florestal do Ponto da Boavista, cedidas pelo Instituto Florestal. Nesse mesmo ano foram efectuadas algumas obras de restauro nestas instalações, que seria a sede do Núcleo, com ofertas dos sócios em mão de obra e materiais, com a colaboração da Câmara Municipal e Junta de Freguesia da Marinha Grande. O local onde estamos instalados foi propriedade da Direcção Geral das Florestas e do Património do Estado, que cedeu graciosamente à Liga dos Combatentes por períodos renováveis de 6 anos.

08.10.2004
A Liga dos Combatentes adquiriu o imóvel por escritura de cessão definitiva, conforme averbamento efectuado na Conservatória do Registo Predial da Marinha Grande, ficando o Núcleo sediado na Rua Ponto da Boavista, n°. 12, junto à Escola Secundária Pinhal do Rei. Desde então tem vindo os seus dirigentes administrando este espaço de uma forma empenhada, proporcionando aos seus associados melhores condições de conforto e bem estar, efectuando as obras de beneficiação e restauro necessárias.